POSSO ENGRAVIDAR DE NOVO?

Matéria veículada na Gazeta do Povo – Viver Bem Ed. 23 Ano 1

De acordo o cirurgião plástico Alexandre Mansur, o momento ideal para a mulher se submeter a uma abdominoplastia é quando não quer ter mais filhos. “Os músculos são amarrados, e se houver uma nova gravidez, a barriga vai crescer e se distender como um todo. A flacidez voltará e a mulher não terá pele suficiente para fazer outra cirurgia”, afirma ele. Além disso, o risco de ter estrias é maior.

Um filho, dois, três… 

Segundo os especialistas, as mudanças no corpo ocasionadas pela gravidez tendem a intensificar-se a cada gestação. “Observamos que a mama atrofia mais depois do segundo filho. Diminui de volume e fica mais flácida”, comenta Alexandre Mansur.

Mamas 

Comparados a quando estavam cheios de leite, os seios tendem a ficar flácidos e diminuídos depois que a mulher para de amamentar. Para corrigir o aspecto caído, há dois procedimentos, como explica o cirurgião plástico Alexandre Mansur. “A mastopexia levanta as mamas, com ou sem implante de silicone, e a mamoplastia reduz os seios”, diz ele.

A mastopexia dá um novo contorno ao seio, reposicionado a aréola e comprimindo o tecido mamário. Pode-se incluir a prótese de silicone para dar mais volume. Já a mamoplastia retira o excesso de pele e tecido modelando e elevando os seios. Em geral o pós-operatório é de cerca de três semanas.

O cirurgião adverte que essas operações devem ser feitas no mínimo seis meses após o término da amamentação. Esse tempo é necessário para que as glândulas mamárias voltem ao tamanho normal e a produção de leite cesse completamente.